- Estude a Palavra!

 A fé, ou seja, a crença em Deus não deve ser apenas verbalizada, mas colocada em prática por meio de um relacionamento concreto com o Pai e um aprofundamento nas Escrituras Sagradas e tudo o que diz respeito ao caráter divino.

Em se tratando que um dos maiores impedimentos para tanto encontra-se na superficialidade, é necessário expressar a busca, a fome genuína de conhecimento da Palavra. Sem ela ninguém poderá afirmar que “anda” com Deus, que o conhece e deposita nele a sua fé.

Há o exemplo de um anseio semelhante no texto de que quero tratar. No capítulo 8 do Livro de Atos lemos, em uma das histórias da igreja primitiva, o episódio em que Felipe, um dos discípulos do Evangelho, é enviado ao deserto por orientação do Espírito Santo. Ao avistar um eunuco que lia um pergaminho com os escritos do profeta Isaías (o Livro de Isaías), Felipe se aproxima de sua carruagem e lhe pergunta se ele estava entendendo o que lia. A resposta do eunuco é fornecida no versículo 31: “Como poderei entender, se alguém não me ensinar?” E convida Felipe a subir e lhe explicar.

O desejo do eunuco de criar raízes, de adquirir o entendimento da Palavra e, por essa razão, de encontrar alguém que a esclarecesse, continua comum nos nossos dias. Milhares de brasileiros estão com as Bíblias abertas, esperando compreender um pouco mais de Deus, saber quem foi Jesus de fato, entender como os princípios divinos se aplicam e podem ser efetivos a suas vidas.

Há, no entanto, um preço a ser pago. É preciso que aquele que deseja a instrução permita-se ser instruído; e que, por sua vez, haja a disposição em instruir. No tocante ao último, esse é o papel da igreja. Na igreja há sempre alguém para acompanhar, orientar e interceder pelos que desejam o conhecimento de Deus. Venha, então, para a igreja. Aqui, aquele que tem sede poderá conhecer o Senhor verdadeiramente.

Fique na paz,

Ap. Rina

Cachorro louco!


Deus na sua infinita sabedoria criou o animal de estimação e entre tantos, um dos mais comuns é o cachorro. Esse animal é muito querido pela a maioria das pessoas, principalmente pelas crianças!

Todos sabem que essa garotada é sincera, verdadeira e dá amor necessário aos seus bichinhos. Temos muito a aprender com essas gracinhas, pelo menos no que diz respeito ao amor e companheirismo, eles são verdadeiros exemplos a serem seguidos.

Mas apesar desses animais serem cativantes e empolgantes, nem todo mundo gosta de ter um cachorrinho por perto. Muitos tiveram traumas em sua infância e hoje evitam ao máximo o contato.

Pra você ter uma idéia, tem gente que ao ver um cachorro à distância já começa a ficar apavorado! Quem é nunca ouvir falar ou até mesmo viu um cachorro louco? Pra fala a verdade é uma cena "Aterrorizante" não é mesmo? Imagine só aquele ser estranho, com a boca espumando, com raiva, parecendo uma coisa louca, não há quem não fique com medo!

Mas como a nossa vida é uma grande escola, hoje iremos aprender com os cachorros loucos! Sabemos que o mundo espiritual existe, você querendo ou não! Existe um ser que tem como maior propósito de existência acabar com sua vida, por isso não devemos ficar com a boca aberta, escancarada, cheia de dentes esperando que ele acabe com os nossos sonhos. Devemos seguir o exemplo do cachorro louco:

1° Devemos ir pra cima do nosso inimigo;
2° Para o cachorro louco, não importa que ele vai enfrentar;
3° O cachorro louco não fica intimidado nem com uma paulada na cabeça, "ele vai pra cima";
4° Ele não se importa com o que vão falar dele, ele é louco mesmo!

Por isso devemos ser crentes "cachorro louco"! Aqueles que vão pra cima do nosso adversário com jejum e oração, não temendo a adversidades da vida, que o resto é Deus quem faz.

:: Radical ::

Nos momentos de adrenalina, de muita onda e contato com a natureza, o relacionamento com Deus é essencial. As situações radicais experimentadas pelos esportistas fazem-nos pensar em uma vida de extremos — o que realmente ocorre —, mas nos levam também a examinar o real significado de ser radical.

Primeiramente, existe o pensamento secular de que, para ser radical, é necessário ser “maluco”, ultrapassar os limites e viver uma vida desregrada. Para os partidários dessa idéia, o radicalismo está associado a noites em claro, regadas a drogas e a uma condição de destaque no convívio social por esse tipo de “façanha”.

O que a Bíblia nos orienta, no entanto, é exatamente o contrário:.ser radical não é fazer o que a massa já faz, mas remar contra a maré. A vida radical, de acordo com os princípios bíblicos, sugere a idéia de que, se todos estão se destruindo por meio das drogas, você é aquele(a) que tem saúde, cuja vida é focada, que não precisa de aditivos para ser feliz e ter paz no coração.

Do mesmo modo, se ninguém tem religião e todos acham que isso não deve ser levado em consideração, você é aquele(a) que tem um relacionamento com Deus, que tem uma vida de oração, de leitura da Palavra de Deus, e cuja vida é iluminada em função disso.

Ser radical é viver contra as coisas que o mundo nos dita como certas. É saber que, enquanto todos procuram o maior número possível de parceiros, o número maior possível de “baladas”, você está junto da(o) sua/seu namorada(o), almejando constituir uma família, procurando fazer aquilo que é correto. Isso também lhe dá a segurança de ter uma pessoa que o(a) ama, que cuida de você e o(a) protege e que deseja honrá-lo(a) e respeitá-lo(a).

Ser radical é saber que tudo o que Deus tem para as nossas vidas, por mais que pareça diferente daquilo que o mundo oferece, vai lhe trazer benefícios e ajudá-lo(a) a ficar mais próximo de Deus. Ser radical é não se deixar influenciar por uma cultura que nos ensina o que é contrário a Deus e permitir-se influenciar pela cultura da Bíblia Sagrada, a Palavra de Deus, uma vez que ela foi escrita para nos revelar a vontade do Criador para o ser humano.

E, se foi Ele quem nos criou, ninguém melhor do que Ele para saber qual a melhor maneira de vivermos. Por isso, radicalize todos os aspectos da sua vida, principalmente o espiritual. Busque Deus de todo o seu coração e procure transformar a sua vontade de radicalizar em santidade, em seriedade com relação às coisas espirituais, em um pacto, uma aliança verdadeira com Deus. Isso o(a) levará a uma nova condição e você, em pouco tempo, perceberá que vale a pena confiar em Deus, vale a pena confiar na Sua Palavra, vale a pena ser radical.

Fique na paz,

Ap. Rina

Vídeos!

V
ídeos Abençoados! Vale a pena assistir!!!
Fiquem na Paz do Senhor!

Não Posso Explicar - Heloísa Rosa

VOZ DE ANJO!

Tua Graça Me Basta!

SEU FILHO SERÁ VOCÊ AMANHÃ

UM TELEFONEMA MUITO ESPECIAL!

Loading...